Arica Cinematogr√°fica

Produtora de conte√ļdos originais para Cinema, Web, TV e outras plataformas.

Enio Staub

André Pupo

Gabriel Chaim

O Cinema de Enio Staub

 

Cone Sul (1980)

Melhor Document√°rio no Festival de Gramado de 1985

No final da d√©cada de 70, come√ßo dos anos 80 o jornalista Enio Staub, ent√£o rep√≥rter do Globo no Rio Grande do Sul resolve registrar em document√°rio a hist√≥ria da Opera√ß√£o Condor, vinculada √†s experi√™ncias hist√≥ricas das ditaduras civil-militares que se disseminaram pelo Cone Sul entre as d√©cadas de 1960 e 1980. ¬†Militares uruguaios, com a colabora√ß√£o de militares brasileiros, em¬†Porto Alegre, sequestraram de forma clandestina dois ativistas uruguaios, Lili√°n Celiberti e Universindo D√≠az, e duas crian√ßas em solo brasileiro. Uma liga√ß√£o an√īnima alerta dois jornalistas,¬†Luiz Cl√°udio Cunha¬†e¬†J.B. Scalco, que descobrem a opera√ß√£o. Ao cobrirem o caso, as reportagens geram indigna√ß√£o da¬†opini√£o p√ļblica¬†mundial e obrigam a ditadura uruguaia a manter vivos o casal sequestrado.

 

 

Contestado, A Guerra Desconhecida (1985)

Prêmio Especial do Juri do 1o Vídeo da Terra em 1987

Seleção SESC no programa Memórias Inapagáveis

Os anos seguintes foram dedicados a mais projetos cinematogr√°ficos. Em 1985, Enio Staub dirige Contestado, A Guerra Desconhecida, que relembra o conflito ocorrido entre 1912 e 1916 no Paran√° e em Santa Catarina. A estrada de ferro S√£o Paulo-Rio Grande foi constru√≠da na regi√£o pela empresa norte-americana Union Farqhuar, com o apoio dos coron√©is e do governo brasileiro. O empreendimento exigiu a contrata√ß√£o de milhares de trabalhadores e a desapropria√ß√£o de terras. Conclu√≠da a obra, o grande grupo de oper√°rios desempregados e camponeses desalojados originou o levante popular que atuaria na Guerra do Contestado. Uma das maiores revoltas nacionais, considerada um novo Canudos e, como a campanha baiana, tamb√©m tinha um incentivador m√≠stico ‚Äď seu l√≠der messi√Ęnico era o monge Jos√© Maria.

 

Hijos de la Tierra (2015)

Melhor Documentário no Prêmio Goya 2016

J√° no S√©culo XXI, ap√≥s longo contato com o Padrinho Sebasti√£o na Floresta Amaz√īnica e uma vida comunit√°ria em Florian√≥polis, Enio retorna ao universo do cinema produzindo no Brasil e no M√©xico o document√°rio Hijos de la Tierra, um testemunho de pessoas ligadas √† natureza que abrem o cora√ß√£o para transmitir √† humanidade a sabedoria que a M√£e Terra guarda. Nosso planeta √© fonte de vida e, portanto, precisa ser preservado. Hoje, mais do que nunca, devemos sentir o grito da Terra, ao qual, entre todo o barulho e pressa, quase nunca ouvimos: ‚ÄúSomos seus filhos, n√£o seus donos. A Terra √© uma farm√°cia viva que devemos preservar‚ÄĚ.
 

 

 

Enio Staub

 

Filmografia André Pupo

Criatividade (2009)

Direção / Média metragem Documental de 50 Minutos

Abril TV

Tão visada quanto valorizada, a criatividade é algo que faz a diferença em qualquer processo produtivo humano. Quais são os fatores que a motivam? Como alcançá-la? Como estimulá-la? Aproveitando os preparativos do Prêmio Abril de Publicidade 2009, o Canal Ideal ouviu o depoimento de grandes nomes da comunicação e das artes no Brasil, em um projeto que deu origem a este documentário sobre criatividade.

 

Kaiak (2010-2014)

Direção / 6 Temporadas РSérie Documental de 12 episódios por Temporada

Canal OFF

O recordista de caiaque extremo Pedro Oliva e os californianos Bem Stockesberry e Chris Korbulic rodam o mundo explorando cachoeiras e corredeiras, vivendo aventuras com personagens reais e desafios inimagin√°veis.

 

Aída dos Santos, Uma Mulher de Garra (2012)

Direção / Media metragem Documental de 26 Minutos

Edital Mem√≥ria do Esporte Ol√≠mpico Brasileiro ‚Äď Petrobr√°s ‚Äď Canal ESPN e Minist√©rio da Cultura

Única mulher da delegação brasileira nas Olimpíadas de Tóquio, em 1968, Aída dos Santos conquistou a quarta posição na prova de salto em altura, mesmo sem treinador, patrocinador, tênis ou uniforme próprio. Esse projeto resgata a memória dessa saltadora e sua epopeia olímpica.

 

Memórias do Haiti (2012)

Dire√ß√£o e Montagem de Conte√ļdo

Sala de Notícia РCanal Futura 14 minutos

No in√≠cio de 2010, um terremoto de consequ√™ncias catastr√≥ficas atingiu o Haiti e deixou um milh√£o e trezentas mil pessoas sem casa. No dia seguinte, em S√£o Paulo, o cirurgi√£o geral Dr. Milton Steinman recebeu um telefonema do Hospital Albert Einstein, um dos mais renomados do Brasil. Milton foi convocado para ir ao Haiti levar ajuda humanit√°ria. O desafio foi aceito na hora, e, logo depois, ele embarcou para a Rep√ļblica Dominicana, √ļnico acesso ao pa√≠s devastado pelo terremoto. Este document√°rio revela o sentimento de quem entrou em contato com uma das maiores cat√°strofes da Hist√≥ria e tentou, de alguma forma, amenizar o sofrimento das pessoas que estavam no Haiti no dia 12 de janeiro de 2010.

 

Linha de Frente (2013)

Direção / Média metragem Documental de 30 Minutos

Secretaria de Cultura do Estado de S√£o Paulo

O document√°rio conta a trajet√≥ria pol√≠tica de Octaciano Anselmo. Um homem simples, uma lideran√ßa de base com convic√ß√Ķes fortes, em que a vida dedicada √† justi√ßa social nos ajuda a desvendar aspectos importantes da hist√≥ria recente das lutas populares no Brasil. Atrav√©s do depoimento de familiares e antigos companheiros de milit√Ęncia, a hist√≥ria de Octaciano √© contada desde o come√ßo na pastoral oper√°ria, passando por sua pris√£o e tortura no DOPS em 1973, as v√°rias lutas por melhorias no bairro, a participa√ß√£o na luta oper√°ria, atrav√©s da Oposi√ß√£o Metal√ļrgica de SP e funda√ß√£o do Partido dos Trabalhadores. Paralelamente aos depoimentos, o filme acompanha Octaciano Anselmo em uma viagem at√© S√£o Tom√© das Letras, Minas Gerais. L√° ele chega para conhecer seu bisneto rec√©m nascido. Um encontro que vai reaproximar o pai contestador e sua fam√≠lia, muitas vezes esquecida por causa da luta.

 

Zona de Conflito (2016)

Dire√ß√£o de conte√ļdo / 1a Temporada – S√©rie Documental em 8 epis√≥dios

History Channel

Atrav√©s de hist√≥rias das pessoas que vivem em regi√Ķes de batalha, o fot√≥grafo brasileiro Gabriel Chaim mostra a experi√™ncia de estar no centro de conflitos armados. Viajando a zonas em guerra, ele documenta seus refugiados e combatentes.

 

Santo de Casa (2020)

Direção / Curta metragem Documental de 22 Minutos

Arica Cinematogr√°fica

Melhor Roteiro e Melhor Trilha Sonora no 16¬ļ Festival de Cinema e V√≠deo dos Sert√Ķes

A história dos familiares de Raimundo Irineu Serra, no interior do Maranhão, mostra a realidade simplória dos descendentes desse homem que ficou conhecido como um grande curador, criando uma doutrina em torno de uma bebida hoje conhecida no mundo inteiro como Daime.

André Pupo

Fotógrafo independente, Gabriel Chaim é especializado em tirar fotos em áreas de conflitos. Venceu prêmios importantes no mundo da fotografia, como o New York Festivals, que ganhou duas vezes e o Emmy que conquistou com o documentário Aliados, com produção da GloboNews.

Atualmente, Chaim est√° em Kiev na Ucr√Ęnia, registrando a invas√£o Russa. Continua mandando seus materiais para o mundo inteiro e aqui no Brasil suas imagens est√£o presentes no telejornalismo da Globo e nas m√≠dias de notici√°rio.¬†¬†¬†

Com a Arica Cinematográfica, Gabriel Chaim representa o jornalismo Projeto SOLOS, plataforma factual, com colaboradores que apresentam Narrativas Independentes, dando profundidade em assuntos nacionais e globais relevantes à sociedade e em desenvolvimentos de projetos documentais. Também faz trabalhos frequentes para a CNN, Spiegel TV e Globo.

Desde 2011, focou seu trabalho em cobrir a guerra na S√≠ria, percorrendo o pa√≠s e registrando os conflitos com sua c√Ęmera. No ano de 2015 ele fotografou para a CNN a cidade de Kobani, que estava inteiramente destru√≠da, recorrendo aos drones para expor da melhor forma as ru√≠nas. Voltou a usar drones novamente em 2017, quando mandou fotos para a CNN, da cidade de Mosul, que estava igualmente destru√≠da. O fot√≥grafo costuma acompanhar ex√©rcitos em miss√Ķes para registrar momentos importantes. J√° esteve em Gaza, no Ir√£ e nos campos de refugiados na Turquia e Jord√Ęnia.

Para além da questão dos refugiados, Gabriel Chaim encontrou na Síria o típico luar que simboliza o horror da guerra. Fez a cobertura das lutas contra o ditador Bashar Al- Assad, na libertação de algumas cidades da Região do Curdistão e também em Aleppo.

Em uma entrevista para a CNN, Chaim disse que acha importante que as pessoas conhe√ßam a hist√≥ria da S√≠ria: ‚ÄúEu n√£o desejo que ningu√©m veja o que eu vi, mas, por outro lado, as pessoas devem saber sobre a vida real, o mundo real. As pessoas devem parar de pensar em si mesmas e olhar atrav√©s da vida apenas atrav√©s de sua pr√≥pria experi√™ncia. O mundo n√£o √© t√£o bonito quanto queremos acreditar.‚ÄĚ

Gabriel Chaim

DIRETORES

Conte√ļdos Transformadores

Institucionais

FESTIVAIS

EQUIPE

Sobre a Arica

Fale conosco, venha nos visitar!

11 9 9320 0623 (Ivo Felipe)

Visite em S√£o Paulo

Rua Purpurina, 299

Sumarezinho - S√£o Paulo/SP

abrir no maps

Visite em Florianópolis

Servid√£o Nelson Leopoldo dos Santos, 500

Vargem Grande - Florianópolis-SC

abrir no maps